BlogSolar

O sistema de frio solar desenvolvido no Centro de Pesquisa Casaccia- ENEA, na Itália utiliza uma das tecnologias solares térmicas mais promissoras, e pode se tornar uma referência de eficiência energética para o clima na região central e sul da Europa e bacia do Mediterrâneo. O clima quente com grande disponibilidade de insolação permite que haja uma economia de energia primária cerca de 50%. A tecnologia do frio solar tornou-se atraente a ser conduzida por coletores solares térmicos que atingem temperaturas compatíveis com as tecnologias de refrigeração disponíveis associada ao fato de serem utilizados fluidos refrigerantes que não criam problemas para o meio ambiente.

O sistema instalado no centro de pesquisa italiano consiste principalmente de um campo de coletores solares com uma área de captação de 100 m2 que pode desenvolver uma potência variando de 13,9 kW no inverno a 56,6 kW no verão, dois tanques de armazenamento de fluido de transferência de calor, um tanque de água fria de consumo, uma máquina de absorção ( Yazaki) de simples estágio de 70 kW alimentada por água quente a 88 ° C, uma torre de resfriamento e uma caldeira que compensa os períodos de menor radiação solar.

Para o bom funcionamento, um sistema de controle (SIEMENS-Desigo) monitora os principais parâmetros de operação do campo solar (temperatura da água produzida a partir do Sol de campo, a temperatura dos tanques de armazenagem de líquidos, temperatura da água da máquina de refrigeração por absorção) e atua sobre as bombas de circulação dos sistemas, interface, bem como com a unidade de refrigeração por compressão e caldeiras para controlar a potência do mesmo.

Para dimensionamento do sistema foram realizadas simulações dinâmicas e os resultados de estudos de simulação dinâmica do prédio realizados com o software TRNSYS mostraram que a carga de refrigeração máxima é de cerca de 59 kW, enquanto que a carga de aquecimento é cerca de 64 kW.

Sem subsídios e incentivos espera-se um tempo de retorno do sistema de frio solar térmico de 10 anos.

Fonte: http://www.eoi.es/

About Post Author

Deixe um Comentário

© Studio Equinócio 2015.


Site desenvolvido pela Agencia Mouse