BlogSolar

Energia solar é solução viável para redução dos custos de energia em aviários.

Há dois anos atrás, a energia elétrica era o terceiro custo na escala de grandeza na criação de frangos de corte, ficando em primeiro a mão de obra e em segundo o aquecimento mas este cenário mudou. Atualmente a energia passou a ser o maior custo, ultrapassando até a mão de obra das granjas e é aí que entra a energia solar como uma ótima solução para aviários por todo mundo e aqui no Brasil. Empresários já começam a entender as possibilidades de se tornarem prossumidores ( produtores e consumidores) da própria energia elétrica instalando usinas solares conectadas às redes de energia elétrica ou usinas isoladas, comenta Café, engenheiro do Studio Equinócio.

Na Austrália achamos um caso interessante: alguns agricultores preocupados com o aumento dos preços de energia estão usando avanços em energia solar para tirar seus negócios fora da rede (offgrid) elétrica, e dizem que estão motivados tanto pela economia quanto pela preocupação ambiental.

Uma fazenda de frango de corte no oeste de Victoria tornou-se a mais recente a usar energia solar e se tornar independente da rede de energia.

8222650-3x2-940x627

FOTO: Fazendeiro Craig Henderson está na frente de seu galpão de frangos de corte alimentado por energia solar. Ele diz que tirar sua fazenda da grade faz bom sentido financeiro para sua família. (ABC Rural: Jess Davis)

O local da construção dos dois novos galpões do aviário que abriga 44.000 frangos por galpão, estavam a uma distância de 15 quilômetros fonte de energia elétrica mais próxima e os custos de conexão à rede foram estimados em mais de  US$ 1 milhão. Com isso a opção foi instalar painéis solares com uma potência total de 100 kilowatts e um sistema de armazenamento de baterias.

Até o momento o investimento nas usinas solares foi da ordem de US $ 250.000 e o plano é expandir para uma planta solar de 300 quilowatts de capacidade para novos galpões.

Henderson acredita que sua fazenda de frangos de corte é a primeira a ficar completamente solar e totalmente fora da rede, mas diz que se tornará mais comum no futuro à medida que o custo da energia elétrica subir. Com os avanços nas tecnologias de baterias, cada vez consumidores poderão optar em gerar toda sua energia com o Sol e serem totalmente independentes das redes.

É preciso tornar ainda mais acessíveis outras fontes de energia como a solar, eólica e biomassa para que o setor avícola não fique totalmente dependente da energia elétrica convencional. A palavra de ordem é conservação e racionalização de energia e a avicultura já pode buscar a energia solar para reduzir o consumo de energia elétrica, comenta Carlos Café, diretor do Studio Equinócio-grupoAEVO.

About Post Author

Deixe um Comentário

© Studio Equinócio 2015.


Site desenvolvido pela Agencia Mouse