BlogSolar

Várias cidades do estado norte americano de Maryland (Marilândia em Português) já podem comemorar, pois a energia solar está ainda mais acessível e muitas oportunidades surgirão para fornecer aos cidadãos as energias solares que desejam.

A Comissão de Serviço Público de Maryland (PSC) finalizou recentemente as regras para a criação de um programa piloto de três anos que criará usinas solares comunitárias que irão incentivar a instalação de 192,1 MW de painéis solares.

O sol brilha em toda parte em Maryland mas muito poucos podiam usufruir de todas as suas vantagens mas os projetos de comunidades solares tornam possível para qualquer pessoa com uma fatura de energia elétrica acessar a energia solar, mesmo que eles não possam colocar os painéis solares sobre os telhados onde vivem devido à sombra, pouco espaço, etc.  A usina solar comunitária partilhada significa que o seu sistema de energia solar pode ser instalado em algum outro lugar da comunidade (em um campo, em um prédio, em um estacionamento, em uma fazenda, um galpão e muito mais) e este local pode fornecer os benefícios da eletricidade solar para assinantes participantes da usina comunitária. Tudo que o consumidor precisa é selecionar a usina solar que quer participar e comprar suas cotas.

Quais os benefícios das comunidades Solares?

Inscrever-se para participar de um projeto de energia solar da comunidade significa comprar energia solar limpa e renovável, bem como reduzir o custo de sua eletricidade. O valor da energia solar que você compra será creditado em sua conta de energia elétrica.  Ainda mais legal é que você pode ter uma escolha de projetos disponíveis na região onde você mora e estes projetos trazem outros benefícios se você escolher projetos de forma inteligente: criam empregos locais na comunidade, geram renda para organizações locais, democratizam sua opção de compra de energia elétrica e muito mais.

COMUNIDADES SOLARES

Sob as novas regras, as empresas solares e distribuidoras dispõem de 15 dias para publicar as cotas ou tarifas que serão praticadas da comunidade solar e determinar uma data de início para o processo de solicitação e os projetos serão aceitos com base no primeiro que chegar será o primeiro a ser servido.

A regulamentação tomou o cuidado de limitar a capacidade dos projetos classificados para o primeiro ano de modo que a implantação das comunidades solares ocorra durante os três anos citando claramente  as preocupações de que tal plano de liberar potências muito grandes das usinas solares poderia limitar a diversidade de projetos apresentados, cuidado importante num ambiente no qual deve prevalecer a economia compartilhada e a oportunidade para que várias empresas participem dos projetos em todas suas etapas, desde os projetos, instalação, comissionamento, operação e gestão da energia.

O novo programa das comunidades solares oferece uma grande oportunidade para expandir o mercado solar, trazendo energia limpa, empregos e poupança solar para os moradores de Maryland que está agora posicionada para se tornar um dos cinco maiores mercados solares comunitários dos Estados Unidos.

Quer saber mais:

http://www.theenergycollective.com/oursolarcommunity/2394342/a-few-highlights-from-the-new-maryland-community-solar-program

https://pv-magazine-usa.com/2017/02/17/maryland-greenlights-192-1-mw-in-community-solar-projects/

http://www.mdsun.org/community-solar/

About Post Author

Deixe um Comentário

© Studio Equinócio 2015.


Site desenvolvido pela Agencia Mouse