• contato@studioequinocio.com.br

BlogSolar

São Paulo – A parceria entre a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e a AES Eletropaulo vai possibilitar a instalação de 5 mil aquecedores solares em conjuntos habitacionais na Cidade Tiradentes e região, zona leste da capital, reduzindo o consumo de energia elétrica e beneficiando milhares de famílias de baixo poder aquisitivo.

Os equipamentos foram apresentados aos moradores no sábado, dia 3, na Avenida Ponte da Amizade, 181, Jardim Iguatemi. Eles também receberam orientação sobre o bom uso dos recursos energéticos e as vantagens do sistema de aquecimento solar, quanto ao custo e facilidade de uso.

Durante o evento, todo sistema de aquecimento ficou montando em um estande, para que os moradores pudessem observar o funcionamento do equipamento. O sistema de aquecimento solar possui dois componentes básicos: o coletor e o reservatório térmico.

O coletor é instalado sobre o telhado e absorve o calor, aquecendo a água que circula em seu interior. A água aquecida é armazenada no reservatório, que varia de tamanho conforme a necessidade de consumo, e então é destinada exclusivamente para o banho.

Chuveiro, vilão

Além dos aquecedores, os chuveiros convencionais dos moradores serão trocados por um com sistema híbrido, que opera com o aquecedor solar e energia elétrica de baixa potência, com dispositivo eletrônico para controle de temperatura.

A AES Eletropaulo vai assumir a instalação de todos os equipamentos e nenhum valor será repassado aos moradores dos conjuntos da CDHU. Juntamente com os síndicos dos prédios, a concessionária vai elaborar um cronograma para a instalação dos equipamentos, prevista para iniciar em janeiro de 2012. Mais de 20 mil moradores dos conjuntos habitacionais serão beneficiados.

“Esse é o primeiro grande projeto nesse sentido que a AES Eletropaulo está desenvolvendo. Nosso objetivo é ajudar a melhor qualidade de vida da população mais carente e, em contrapartida, contribuir com o meio ambiente

com a menor emissão de carbono entre outros ganhos ambientais que o aquecedor proporciona”, disse o diretor executivo de Operações da Concessionária, Sidney Simonaggio.

A medida contribui diretamente com a preservação do meio ambiente, pois reduz a demanda por energia elétrica nos horários de pico e a necessidade de instalação de novas usinas, impedindo as inundações e o impacto ambiental causados pelas hidroelétricas, além da queima de combustíveis fósseis e a poluição, no caso das termoelétricas

A parceria entre a CDHU e a AES Eletropaulo foi firmada em maio deste ano.

Os termos do acordo estão em conformidade com o Programa de Eficiência Energética da AES Eletropaulo e com a regulamentação estabelecida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O gestor do Programa Eficiência Energética da CDHU, Eduardo Baldacci, que representou o secretário Estadual da Habitação, Silvio Torres, disse que com a instalação dos aquecedores e a troca dos chuveiros serão permitidos uma redução de 30% na conta de luz do morador. “O chuveiro elétrico é o maior responsável pelo consumo de energia em uma residência. Com a troca do sistema, os mutuários terão uma economia de até 30% na conta de eletricidade”, ressaltou Baldacci.

Desde 2007, a Companhia passou a instalar o sistema de aquecimento solar em todos os novos conjuntos habitacionais construídos no Estado. Para atender empreendimentos já entregues, a CDHU firmou parceria com concessionárias de energia elétrica do Estado e está atendendo 10.500 famílias.

fonte: http://www.dci.com.br

About Post Author

Deixe um Comentário

© Studio Equinócio 2015.


Site desenvolvido pela Agencia Mouse