• contato@studioequinocio.com.br

BlogSolar

Pesquisadores da Suíça realizaram o primeiro estudo para determinar a viabilidade de usar células solares implantadas subcutaneamente para alimentar os implantes médicos – neste caso,  marcapassos.  O estudo, intitulado “Harvesting by Subcutaneous Solar Cells: A Long-Term Study on Achievable Energy Output”, foi publicado nos  Anais de Engenharia de Energia Biomédica.

O estudo mostrou que uma célula solar de 3,6 centímetros quadrados pode gerar energia adequada para executar um marcapasso típico. De acordo com os resultados da pesquisa, as pequenas células solares monocristalinas (22% de eficiência) utilizadas no estudo foram capazes de gerar “muito mais” do que os típicos 5 a 10 microwatts que os marcapassos cardíacos típicos usam, Uma média de 12 microwatts. Outro potencial implante médico a ser alimentado usando essas células solares implantadas subcutaneamente poderia ser um estimulador cerebral.

Como as células solares disponíveis no mercado ainda não são destinadas à implantação os cientistas construíram esses dispositivos para cobrir as células solares com filtros ópticos que agem como pele para simular uma célula solar implantada subcutaneamente.

Potencial impacto no futuro dos dispositivos médicos alimentados por energia solar

O uso de células solares implantadas subcutaneamente poderá poupar os pacientes de terem que passar por procedimentos frequentes para mudar as baterias de seus dispositivos médicos implantados. “Os resultados deste estudo mostraram que as células solares implantadas subcutaneamente poderiam ser uma alternativa promissora às baterias primárias acrescentando que os resultados do estudo podem ser usados para estimar a energia gerada pelas células solares subcutâneas na vida cotidiana.

Quero saber mais : http://link.springer.com/article/10.1007%2Fs10439-016-1774-4

About Post Author

Deixe um Comentário

© Studio Equinócio 2015.


Site desenvolvido pela Agencia Mouse