• contato@studioequinocio.com.br

BlogSolar

Atenta às perspectivas de expansão da energia solar no Brasil, a Eletrosul se prepara para estudar o potencial de geração termossolar em grande escala, no Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. A empresa abriu licitação para aquisição e instalação de quatro estações solarimétricas para estudos de viabilidade técnica e financeira de plantas comerciais na região. Com essa iniciativa, a Eletrosul se torna uma das primeiras empresas do setor elétrico brasileiro a prospectar investimentos em usinas solares de concentração, tecnologia difundida especialmente nos Estados Unidos e Espanha. Cabe ressaltar que os os investimentos no segmento solar, em projetos já realizados e em andamento, somam mais de R$ 30 milhões.

Diferente da fotovoltaica, que faz a conversão direta da radiação em energia, a tecnologia termossolar funciona nos moldes de uma usina térmica, usando o sol como combustível. Ou seja, com o calor se produz vapor que faz uma turbina se movimentar e gerar eletricidade. As estações solarimétricas serão instaladas junto de empreendimentos da Eletrosul. Uma delas ficará na área da Usina Hidrelétrica Passo São João, em Roque Gonzales, outra junto da Conversora Uruguaiana, no município de mesmo nome, ambas no Rio Grande do Sul, e outra na área da Usina São Domingos, em Água Clara, no Mato Grosso do Sul. O quarto local de instalação ainda será definido.

Além da irradiação, a escolha das áreas para as estações levou em conta a disponibilidade de linhas de transmissão, de sistema próprio de telecomunicação de alta capacidade (para envio dos dados das medições) e de recursos hídricos (a usina solar de concentração depende de água para seu funcionamento).

Os dados coletados nas estações solarimétricas serão armazenados em um dispositivo eletrônico (datalogger) e transmitidos para a sede da Eletrosul, em Florianópolis, onde os técnicos com ajuda de um software farão o processamento e a leitura das informações. Ainda não há no Brasil nenhuma norma que estabeleça o tempo de medição necessário para viabilizar uma usina de geração solar. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) colocou o tema em consulta pública, mês passado, para obter subsídios e definir as condições e procedimentos para autorizar a implantação de centrais geradoras.

A licitação para fornecimento e instalação das estações solarimétricas será na modalidade de pregão eletrônico. As empresas terão até às 10h do dia 1 de julho para apresentar suas propostas, que serão abertas nessa mesma data e horário. O início da sessão de disputa de preço será também no dia 1 de julho, às 14hs.

Fonte: Eletrosul http://www.eletrosul.gov.br

About Post Author

Deixe um Comentário

© Studio Equinócio 2015.


Site desenvolvido pela Agencia Mouse