Comissão Nacional de Energia do Chile avalia possibilidade da geração distribuída participar de leilões de energia futuros

Hoje podemos e devemos produzir a própria energia elétrica em nossos telhados e terrenos utilizando as tecnologias renováveis distribuídas como a solar e a eólica. A energia produzida por nós hoje reduz a nossa conta de energia elétrica e os créditos de energia que produzimos e não consumimos instantaneamente pode ser usados em até 05 anos.  Mas o mercado de geração distribuída evolui rapidamente e novas idéias surgirão com os anos.

No Chile por exemplo há uma proposta interessante para ampliar as possibilidades de geração distribuída. O secretário-executivo da Comissão Nacional de Energia (CNE), Andres Romero, disse recentemente que estuda a possibilidade de geração distribuída a partir tetos solares residenciais e pequenas indústrias e comércios participarem nos leilões futuros de fornecer energia elétrica aos clientes regulados.

Romero participou do seminário sobre redes inteligentes organizados pela Federação Nacional das Cooperativas Elétricas (Fenacopel), onde o futuro do setor foi analisado face às mudanças tecnológicas e regulamentares que vêm surgindo no segmento de distribuição de energia.

Saiba mais: http://www.revistaei.cl/2016/10/06/cne-estudia-posibilidad-de-que-generacion-distribuida-participe-en-futuras-licitaciones/

About Post Author

Deixe um Comentário

© Studio Equinócio 2015.


Site desenvolvido pela Agencia Mouse